Sem nexos

Algo assim:desmedido, livre, leve e solto!
Não parar para pensar no que vai dar as sílabas desprendidas de rimas e/ ou escansão...
Viver...
Sorrir...
Alimentar esperanças de que tudo pode ficar ainda melhor.
Quero janelas abertas...
Ventania...
Folhas secas no chão.
Céu claro.
Água gelada.
Vou correr...nem que seja para uma cama em dia de sábado a tarde...
Mesmo sem tempo para tudo, até mesmo pro Blog, quero sombra e água fresca.
Por ai...

1 comentários:

Gregory disse...

Que talento eim valerinha! sucesso...bjão!

Postar um comentário